Artigo original disponível em: Academia.edu

 

Alex Yukio Wassano¹
Marcelo Matos dos Santos²
Renato Lemes Peixoto³

Fundação – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
¹²³Departamento de Computação e Estatística
Inteligência Artificial
Caixa Postal 549 Campo Grande – MS 79070-900
¹alex_wassano@yahoo.com.br, ²marcelo.dork@gmail.com, ³rlpeixoto@gmail.com

30 de Maio de 2005

Continue a ler "Aplicação de um Algoritmo da área de Inteligência Artificial na base de dados Echocardiogram"

Muitos microrganismos são utilizados na industria, tando de produção de alimentos como de outros produtos. Na área alimentícia, as bactérias Aeromonas, Micrococcus, Streptococcus, Leuconostoc, Pediococcus, Sarcina, Lactobacillus, Halobacterium, Halococcus, Alcalígenes, Acinetobacter, Moraxella, Escherichia, Edwardsiella, Citrobacter, Klebsiella, Serratia, Proteus, Erwinia, Pseudomonas, Acetobacter, Flavobacterium entre outros estão envolvidos tanto com a produção dealimentos como com problemas relacionados a conversação e deterioração de produtos alimentícios.

Continue a ler "Microrganismos na Industria"

O DNA é um polı́mero sintetizado a partir de unidades denominadas nucleotı́deos. Os nucleotı́deos são formados por três partes: uma base nitrogenada, um carboidrato e um grupo fosfato. As bases nitrogenadas podem ser uma das quatro: adenina (A), guanina (G), citosina (C), timina (T) e o açúcar desoxirribose. A e G possuem estrutura formada por dois anéis denominada purina, já C e T possui sua estrutura formada por um anel único denominado pirimidina. Os nucleotı́deo estão conectados por ligações fosfodiéster, gerando duas extremidades chamadas 5’-fosfato e 3’-hidroxila, isso determina que o crescimento do DNA seja da direção 5’ para 3’ [7]. Está estrutura está representada na Figura 01.

Continue a ler "DNA"

Seres Vivos são classificados em dois grandes grupos: seres eucariontes e procariontes. Ambos são originados de uma única célula que passa por constantes divisões resultando em organismos complexos. Todas as células de um organismo possui em comum um componente, o material genético (genoma). No início elas são idênticas, mas no decorrer das etapas de divisão passam por um processo de diferenciação desenvolvendo características especificas[DAN,2006].

Continue a ler "Material Genético"

O processo de tradução consiste em unir aminoácidos de acordo com a sequência de códons do mRNA. Códon é uma trinca de bases nitrogenadas do mRNA, que tem sua trinca complementar (anticódon) no tRNA correspondente. A tradução ocorre nos ribossomos, que estão situados no citoplasmas das células. O mRNA é traduzido em proteína pela ação de vários tRNA. Existem 64 tipos de trincas possíveis de nucleotídeos, sendo que 61 codificam aminoácidos (2 sinalizam o inicio da tradução) e 3 trincas correspondem a sequências de término de tradução. A tradução tem…Continue a ler “Tradução Gênica”

A década de 2000 foi promissora para a tecnologia de edição genômica. Diversas técnicas de utilização de nucleases modificadas unidas a um conjunto especifico da sequência de DNA, tornam possível a manipulação de praticamente quaisquer genes presentes em células e organismos. Esta rapidez tornou eficiente, preciso e rentável o estudo da genética e possibilitou a geração de diversos modelos de aplicação para cura de doenças humanas e animais e melhoria na área de agropecuária[Cox, Platt, & Zhang, 2015; Gupta & Musunuru, 2014; Wu et al., 2008].

Continue a ler "Edição Gênica"